segunda-feira, 9 de dezembro de 2019

Instituições criam a Agência de Desenvolvimento Regional Sul da Bahia Global


Uma conjunção de forças institucionais fez nascer a Agência de Desenvolvimento Regional Sul da Bahia Global (ADR), terça-feira (03), com a assinatura do termo de cooperação pelo Parque Científico e Tecnológico Sul da Bahia ( PCTSul), SEBRAE, AMURC, Instituto Arapyaú, Universidade Estadual de Santa Cruz, Universidade Federal do Sul da Bahia, e o Fórum Sul da Bahia Global. O evento aconteceu no Teatro Municipal de Ilhéus, onde os presentes assistiram à assinatura simbólica que criou a agência cujo objetivo é formular, estimular e fomentar um programa de desenvolvimento integrado da Costa do Cacau, com o horizonte para 2034 e pautada na sustentabilidade e na vocação do território.

Na alta temporada Ilhéus terá 491 vôos. Na Bahia serão mais de 14 mil

Com a chegada da alta estação, a oferta de voos para a Bahia aumenta significativamente, para atender os muitos turistas que procuram os destinos baianos nas férias. Somadas as médias previstas para os aeroportos dos grandes municípios turísticos, como Salvador, Porto Seguro e Ilhéus, o número de desembarques, entre frequências regulares e extras, ultrapassa os 14 mil na alta temporada.
Em Ilhéus, o Aeroporto Jorge Amado, o período da alta temporada, compreendido entre 20 de dezembro e 2 de fevereiro, conta com um total de 491 voos, sendo que 184 destes serão extras, de acordo com a assistente administrativa Gessiane Santana, da Socicam Aeroportos. 

O bicho de pé de Ilhéus

Tatiani V.Harvey 
Médica Veterinária 
Doutora em Parasitologia/UESC
CRMV/BA 04034
Entre as zoonoses endêmicas no nosso município, a exemplo da Larva migrans cutânea e a giardíase, destaco a tungíase, popularmente conhecida como bicho de pé. Esta zoonose é causada pela penetração da pulga de areia do gênero Tunga na pele de homens e animais. Após a penetração, o abdômem da pulga desenvolve-se, desencadeando uma reação inflamatória e provocando coceira, dor e alteração do andar. Além disso, pode resultar em infecções bacterianas graves, deformidade de dígitos e unhas e perda de dígitos. 
A infestação por este parasita é frequente em comunidades carentes, fato comprovado pelos trabalhos que realizei em várias comunidades de Ilhéus, como, por exemplo, no povoado turístico da Juerana, Distrito de Aritaguá. Neste local, atualmente, a infestação continua a ser estudada, agora na área de tratamento da doença. Trabalho importantíssimo desenvolvido em parceria entre UFMS, UESC e uma empresa estrangeira de produtos veterinários, e com o qual colaboro, com muita satisfação. 
Apesar das consequências desta parasitose serem clinicamente importantes para homens e animais, eu gostaria de chamar a atenção ao processo da doença nos cães, pois eles são um dos principais disseminadores da Tunga no ambiente. E, também, os que mais sofrem com a infestação. Para isto usarei o exemplo de uma comunidade ilheense onde a infestação é frequente ao longo do ano. Neste local, como a maioria dos cães são semidomiciliados, ou seja, têm tutor, mas vivem soltos nas ruas, os animais infestados disseminam, permanentemente, o parasita por toda a comunidade. E cada pulga gera, aproximadamente, 200 ovos! Assim, os locais mais frequentados por estes cães tornam-se focos de infestação. 
Observei, ao longo de alguns estudos, que a expectativa de vida dos cães em comunidades carentes é, em média, de 4 a 5 anos, e a tungíase contribui consideravelmente com esta condição. Cães, especialmente aqueles com um alto grau de infestação, em função da dor e desconforto ao caminhar, reduzem a frequência de alimentação e consumo de água. Lembre-se que é comum, em locais como este, que parte ou toda a alimentação dos cães seja oriunda dos pontos de coleta de lixo. Assim, animal que não vaga, não come bem. Diversos tutores relataram não ter condição de alimentar seus animais e, por isso, os criam soltos a fim de que eles possam conseguir alimento em outros lugares. Desta forma, o quadro de desnutrição e desidratação agrava outras doenças concomitantes, como as verminoses, culminando em óbito. Dá para entender, então, que a tungíase merece atenção? Na verdade, esta doença é uma entre as muitas doenças negligenciadas no nosso país. E como muitas delas, negligenciada, também, por pesquisadores. 
Outro dia, presenciei uma moradora retirando as bolsas da Tunga, com agulha e pinça, dos pés de um familiar que tinha infestação maciça. O detalhe: na frente de casa, recebendo toda a poeira da rua de terra. Naquela comunidade, muita gente não foi vacinada contra o tétano! E as bolsas cheias de ovos eram jogadas no chão. Ainda, segundo o acometido, normalmente, antes e depois de tirar as bolsas não se faz desinfecção ou tratamento algum dos ferimentos. E para os que têm coragem de mexer com as patas dos cães acontece o mesmo. 
Agora, além da importância do desenvolvimento de ações preventivas em saúde para o controle da doença, você consegue enxergar a importância da integração de veterinários às equipes dos núcleos de saúde da família, neste caso, no combate à Tunga? Sim? Bem, o governo não.

quarta-feira, 4 de dezembro de 2019

GACC Sul Bahia participa de Encontro Estadual da Rede de atenção ao paciente com Câncer

Drª Teresa Fonseca será uma das palestrantes
do Encontro abordando a Integração dos
 Serviços de Oncopediatria:
“Experiência do Estado da Bahia”.
A diretora do Grupo de Apoio à Criança com Câncer Sul Bahia, Drª Teresa Fonseca, é uma das palestrantes no Encontro Estadual da Rede de Atenção ao Paciente com Câncer que acontece em Salvador nesta quinta e sexta-feira (05 e 06 de dezembro), promovido pela Secretaria Estadual de Saúde do Estado.
O Encontro Estadual da Rede de Atenção ao Paciente com Câncer tem por objetivo debater problemas e soluções referente a atenção ao câncer no Sistema Único de Saúde no Estado da Bahia, reunindo diversos stakeholders para uma discussão profunda, democrática e assertiva.
O Encontro contará com quatro mesas de discussão cujos temas e subtemas são significativos para a qualificação da assistência ao usuário do Sistema Único de Saúde, diagnosticado com câncer. Na quinta-feira, às 13h30min, Drª Teresa abordará a Integração dos Serviços de Oncopediatria: “Experiência do Estado da Bahia”.

Artistas de Ilhéus reivindicam da Prefeitura pagamento de edital de cultura atrasado em seis meses

O Fórum Permanente de Cultura de Ilhéus, iniciativa dos artistas da cidade para discutir e avaliar as políticas públicas para a área da cultura, mais uma vez manifesta insatisfação com a forma como a gestão da pasta vem sendo conduzida desde a fusão da Cultura e do Turismo, ocorrida em junho deste ano.
Divulgaram seguinte nota, com vistas a chamar atenção da população e do poder publico municipal sobre o inexplicável atraso do pagamento do edital de cultura:
"Daria para escrever uma peça de teatro sobre a saga que é receber da Prefeitura de Ilhéus, por meio da Secretaria de Cultura e Turismo de Ilhéus, o recurso vindo do Fundo de Cultura para a realização dos projetos aprovados no edital Demanda Espontânea.
Os projetos aprovados no primeiro semestre deste ano, que já deveriam ter sido executados, até hoje não receberam o dinheiro referente ao financiamento!
Antes disso os artistas passaram pela desagradável situação de serem chamados para terem seus já reduzidos valores diminuídos em até 50%. Esta situação se refere a projetos de R$ 5 mil a R$ 10 mil, no máximo, que impactariam na população bem mais do que muitas iniciativas sem sentido que são realizadas por aí com dinheiro público. (Confira aqui a Portaria n. 349, de 28 de agosto de 2019 - http://abre.ai/dovaloresreduzidos)
Com a negativa da esmagadora maioria dos proponentes sobre essa redução, a Secretaria se viu obrigada a recuar e republicar no Diário Oficial os valores integrais. Confira a Portaria n. 414, de 17 de outubro de 2019 - http://abre.ai/dovaloresintegrais
Isso aconteceu há quase dois meses, mais uma vez extrapolando a paciência de quem trabalha com cultura em Ilhéus, pois, ao longo desse tempo, ninguém na referida Secretaria dá uma informação precisa sobre quando o pagamento será realizado.
Até o momentos os artistas não sabem quando vão receber, embora tenham conhecimento  que há mais de R$ 80 mil já na conta (do Funda) desde o início do ano. 
Nós, do Fórum Permanente de Cultura de Ilhéus, nos solidarizamos com os artistas proponentes do Edital. 
 #CulturadeIlhéusmerecerespeito"

terça-feira, 3 de dezembro de 2019

CCZ alerta sobre cuidados para evitar acidentes com escorpiões

Em julho último, o Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), alertou à população ilheense sobre a época do ano favorável ao surgimento de escorpiões, período que as fêmeas têm maior concentração de veneno. Cinco meses se passaram e o setor não registrou casos e nem recebeu solicitação de vistoria em domicílios ou terrenos.
Nesta semana, um blog da cidade publicou que um morador do Residencial Sol e Mar (Minha Casa e Minha Vida), na zona sul da cidade, teria encontrado escorpiões em seu apartamento, e que moradores estariam preocupados com a possível infestação do animal. No final, o veículo cita epidemia.
Entramos em contato com o CCZ. Paula Rocha é a coordenadora do setor em Ilhéus. Segundo informou, ninguém entrou em contato com o CCZ para solicitar uma vistoria no local, e que a imagem mostrada na publicação não comprova a evidência do fato.

Cinco mil passageiros desembarcam do Seaview e esquentam turismo na cidade

O mês de dezembro esquentou a chegada da alta estação e Ilhéus continua bastante movimentada. Nesta terça-feira (3), às 7 horas, a cidade recebeu a visita do cruzeiro marítimo, MSC Seaview, o segundo navio a atracar no Porto de Malhado nesta temporada. O gigante conta com 480 tripulantes e trouxe cerca de cinco mil passageiros para esquentar o turismo na cidade.
Segundo estimativa da Companhia das Docas do Estado da Bahia (Codeba), a cidade deve receber ainda, até o final março, mais de 60 mil passageiros nos 18 transatlânticos previstos para chegar à costa ilheense. O receptivo ficou ainda mais animado com os atrativos promovidos pela Secretaria Municipal da Cultura e do Turismo (Secult).
Ilhéus é um dos destinos mais visitados pelos passageiros durante o roteiro brasileiro, sobretudo pelas histórias famosas das obras de Jorge Amado, seu mais ilustre cidadão. Só no Centro Histórico, milhares de turistas conferem os principais pontos turísticos, cenário da literatura amadiana.

Na Faculdade Madre Thaís o candidato escolhe a data para fazer Vestibular

A Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus) está oferecendo a opção do Vestibular Agendado pra quem quer fazer a melhor escolha até na hora de marcar a prova. Na FMT-Ilhéus é possível escolher o melhor dia e o horário e se preparar com tranquilidade para mudar de vida. 
Destacando que a Faculdade Madre Thaís é a melhor oportunidade para quem deseja um aprendizado diferenciado e um currículo forte. 
O Vestibular agendado é muito simples. A Faculdade permite que o aluno escolha, uma data que esteja de acordo com os seus horários e suas possibilidades. Esse tipo de vestibular é excelente para aqueles que desejam ingressar em um curso de nível superior e tem dificuldades para realizar o Vestibular nas datas convencionais. 
A FMT-Ilhéus está disponibilizando vagas nos cursos de bacharelado e graduação tecnológica em: Administração, Enfermagem, Biomedicina, Direito, Logística (tecnológico), Engenharia Elétrica, Fisioterapia, Gestão de Recursos Humanos (tecnológico), Serviço Social, Farmácia, Gastronomia, Arquitetura e Urbanismo e Cacau e Chocolate (tecnológico). As inscrições podem ser feitas na sede da FMT-Ilhéus, à Avenida Itabuna, 1.491, Gabriela Center.

Pesquisadores da UESC lançam projeto MoveIlhéus e convida a sociedade a participar de pesquisa

O GEPECOM, Grupo de Estudos e Pesquisas em Comportamento Motor da Universidade Estadual de Santa (UESC), está realizando uma pesquisa que ajudará no planejamento de uma Ilhéus mais saudável e sustentável para todos nós.
Utilizando metodologias reconhecidas internacionalmente que envolvem participações pela internet, o grupo se propõem a pensar em conjunto com a sociedade propostas para melhorar os espaços urbanos, melhorar a mobilidade das pessoas na cidade e, principalmente, favorecer cada vez mais adeptos à prática de atividade física e saúde
Para participar da pesquisa é necessário acessar o site http://moveilheus.uesc.br e responder ao questionário. 
Ao final do questionário, o respondente recebe um relatório em .pdf personalizado com sua classificação de atividades físicas de acordo com as recomendações da Organização Mundial da Saúde, dicas de saúde e um mapa com seus locais de atividades na cidade.
A pesquisa tem a aprovação do Comitê de Ética de Pesquisa da UESC e conta com apoio da Universidade Federal do Sul da Bahia, Instituto Nossa Ilhéus e Núcleo de Biologia Computacional e Gestão de Informações Biotecnológicas. Mais informações no site e nas redes sociais @moveilheus.





Ilhéus, Feira de Santana e Santo Antônio de Jesus terão R$ 6,5 milhões em investimentos


Foto: SDE

Três municípios baianos serão beneficiados com investimentos de R$ 6,5 milhões e cerca de 100 novos postos de trabalho. Protocolos de intenções assinados na última semana com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) resultaram na implantação e ampliação de fábricas nos municípios de Feira de Santana, Santo Antônio de Jesus e Ilhéus
No segmento de Alimentos, a indústria Açaí Fruit Show LTDA investirá R$ 2,3 milhões na ampliação da unidade industrial, destinada à produção de cremes de açaí e de outras frutas, copos, potes personalizados e tampas, localizada no município de Feira de Santana. A capacidade de produção de creme é de 435 mil litros por ano e 320 mil unidades de copos, potes e tampas por ano. A fábrica pretende manter os 13 empregos existentes e promover a geração de até 40 empregos diretos.

quinta-feira, 28 de novembro de 2019

Alunos CEEP do Chocolate Nelson Schaun apresentam  na Tenda,“Arauna”



O espetáculo teatral Arauna, será encenado neste sábado(30) e sexta-feira (06 de dezembro) às 20 horas na Tenda do Teatro Popular de Ilhéus, na Avenida Soares Lopes. 
O espetáculo é resultado de um trabalho de pesquisa realizado pela turma de formando 2019 do Curso Técnico em Teatro do CEEP do Chocolate Nelson Schaun, em conjunto orientado pelos docentes-técnicos do Curso Daniel Moreno, Maria Helena Tavares e Valdiná Guerra. 
Aruna é uma metáfora de escolhas. Conta a história de Una, a personagem que representa a quintecência da criação do universo. Ela precisa fazer um longo caminho de descobertas. E isso irá acontecer através do entendimento do jogo da vida. Entre jogar, aprender a jogar e a criar o próprio jogo, Una entende que o poder da criação, que ela tanto almejava está dentro dela. 
No elenco estão Adriele Lima, Beatriz Mendonça, Deko Mutalambô, Jean Pyerre, Layssa Vitória, Raquel Santana e Yuri Antony; texto, encenação e direção de Valdiná Guerra; assistente de direção Natália Santos; Preparação corporal Daniel Moreno; Produção Helena Tavares e Liliam Menezes e estudantes do 2° ano de Teatro; Maquiagem Tainá Mendes; Sonoplastia Kelvin Gustavo e Caio Henrique; Designer de iluminação Mariana Andrade; Figurino Deko Mutalmbô.

quarta-feira, 27 de novembro de 2019

Projeto “Nossas Árvores” vai distribuir mudas

Alunos preparam as mudas


O Projeto de Extensão “Nossas Árvores”, do Departamento de Ciências Biológicas da Universidade Estadual de Santa Cruz, (UESC) estará distribuindo gratuitamente, cerca de 2.200 mudas, sendo 2.000 de espécies nativas como: Pau-brasil, Sibipiruna, Biriba, Imbiruçu, Sapucaia, Amescla, Oiti etc. e 200 de introduzidas (Palmeira, Goiabeira Ipê-amarelo). 
O Projeto visa beneficiar assentados, comunidades indígenas e agricultores em geral, com o objetivo de estimular a comercialização de sementes e de mudas, visando agregar mais uma fonte de renda às suas propriedades agrícolas, sem provocar danos ao meio ambiente, sobretudo para serem plantadas nas nascentes de córregos e rios. 
As pessoas interessadas deverão solicitar as mudas diretamente ao professor Luiz Alberto Mattos Silva, coordenador do Projeto, através do e-mail mattos@uesc.br, informando nome, nome da propriedade rural ou instituição, localização da propriedade, finalidade das mudas e a quantidade de mudas pretendida. 

UESC escolhe os nomes que comporão a lista tríplice para reitor e vice

Apos o resultado candidatos se confraternizaram
Os professores Alessandro Fernandes (reitor) e Mauricio Moreau (vice-reitor) foram indicados a reitor e vice-reitor da Universidade Estadual de Santa Cruz (UESC). A escolha através do voto da comunidade acadêmica, correu terça-feira (26). A conclusão da apuração dos votos e a proclamação dos resultados se deu nos primeiros minutos da madrugada desta quarta-feira (27). 
Maurício e Alessandro comemoram
Concorreram, além de Alessandro Santana e Mauricio Moreau (vice) com um escore de 2391,8278; Cristiano Bahia (reitor), George Albuquerque (vice) 2166,7029; Pedro Marinho(reitor), Ronan Corrêa (vice) 653,6896, e Guilhardes Júnior(reitor), Agna Menezes (vice) 474,3760. 
O dia de hoje (27) está reservado para os pedidos de impugnação do resultado e o julgamento dessas impugnações e homologação do resultado final será no dia 29. O prazo final para o encaminhamento, o resultado e, as decisões dos recursos pela Comissão Eleitoral ao Conselho Universitário será no dia 9 de dezembro. Nesta data o Conselho Universitário autoriza ao presidente do Conselho, o reitor Evandro Sena Freire, a encaminhar a listra tríplice ao governador da Bahia, para homologação do reitor e vice-reitor, cuja posse será em fevereiro 
Mesmo com uma eleição bastante concorrida, com quatro candidaturas, ao final os candidatos se confraternizaram, agradeceram o apoio da reitoria, da comissão eleitoral e de cada docente, discentes e servidor técnico-administrativo que participou do processo. Ressaltaram a importância do embate de idéias, do debate em torno do fortalecimento da instituição. Lembraram que a partir de agora, desarmados os palanques, todos deverão estar empenhados na construção de uma universidade mais forte. Alessandro Santana, vencedor do pleito, disse que vai precisar de todos e os conclamou a estarem juntos.

terça-feira, 26 de novembro de 2019

Neste sábado (30) Dia D da vacinação contra o sarampo

Neste sábado (30), postos de saúde estarão abertos em Ilhéus para o chamado “Dia D de Vacinação contra o Sarampo”. Segundo a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), a data é uma mobilização para estimular pessoas a se imunizar contra o vírus, cujos casos vêm crescendo no país nos últimos meses.
Walkíria Cardeal, chefe do Setor de Imunização, ressaltou que Ilhéus está com baixa cobertura vacinal. É importante a apresentação do cartão do SUS e da caderneta de vacinação, em recomendação ao novo sistema e-Sus, conjunto de ações do Ministério da Saúde para otimizar a gestão da informação na Atenção Básica.
O “Dia D” faz parte da Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo. A ação é realizada em parceria com secretarias estaduais e municipais voltadas à área. Os postos estarão abertos das 8 às 17h. O público-alvo da campanha são pessoas com faixa etária de 6 meses a 29 anos e de 30 a 49 anos.

Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus destaca a importância do diagnóstico precoce do câncer



Na maioria dos casos um diagnóstico mais precoce de câncer aumenta as chances de cura da doença. Como regra geral, o prognóstico de uma doença localizada costuma ser mais favorável do que na avançada. Por isso, é bom ficar sempre atento a alterações no corpo que podem indicar um tumor em desenvolvimento.
A busca por um diagnóstico mais precoce, a prevenção secundária como chamam os médicos, é o caminho mais sensato. É esse o objetivo da clinica oncológica do Hospital São Jose, da Santa Casa de Misericórdia de Ilhéus.

Através dos convênios Amil, Assefaz, Cassi. Medial, Fusex, Sul America Planserv, Unimed, Asfeb-Saúde, Camed, Geap, Bradesco, Vitallis e Saúde-Caixa o hospital está realizando os exames de rastreamento, isso é, exames que visam diagnosticar o câncer muito precocemente, mesmo na ausência de qualquer sinal ou sintoma da doença.

Parque Municipal da Boa Esperança vai ganhar Centro de Vivência



A Prefeitura de Ilhéus planeja implantar um Centro de Vivência no Parque Municipal da Boa Esperança, situado na área da Mata da Esperança. O prefeito Mário Alexandre explica que o Município reconhece a necessidade de proteger áreas naturais e promover o fortalecimento dos vínculos sociais. Na última sexta-feira (25), Joélia Sampaio, superintendente do Meio Ambiente e Urbanismo, realizou uma visita à unidade de conservação, junto ao Conselho Gestor do Parque.

Feira cultural e gastronômica acontece neste domingo (1º) em Ilhéus no estacionamento do Centro de Convenções

A feira itinerante Viva Rua Viva será realizada em Ilhéus na sua segunda edição neste próximo domingo, 1º de dezembro, no estacionamento externo do Centro de Convenções, das 14h às 22h, ao unir cultura e gastronomia. Espaço de lazer para crianças e diversas atrações artísticas para todas idades e públicos, como o Chicó do Mamulengo, Mirian Oliveira e apresentações de Gabriela Maia, Vitrola de Rua e músicos do ACEAI, incrementarão ainda mais a iniciativa, que contará com mais de 70 expositores de diversos seguimentos comerciais.

Faculdade Madre Thaís reúne 14 casais em casamento coletivo


O início da noite de sexta-feira (22) foi de emoção. Diante de familiares, professores e alunos do curso de Direito da Faculdade Madre Thaís (FMT-Ilhéus), 28 noivos (14 casais) disseram o tão esperado ‘Sim’ durante um casamento coletivo promovido pela instituição de ensino superior.
A cerimônia foi conduzida pelas professoras Lara Kauark e Caroline Bráulio, que iniciaram citando versículos bíblicos, especialmente o capítulo 13 da carta de Paulo aos Corintos. A iniciativa foi possível por conta da união de forças com outras entidades e empresas parceiras.

segunda-feira, 25 de novembro de 2019

Saúde por interesse, não pela necessidade.

Tatiani V.Harvey 
Médica Veterinária 
Doutora em Parasitologia/UESC
CRMV/BA 04034
No período de transição entre uma eleição e outra muitos candidatos buscam uma bandeira onde pendurar-se. Dentre as mais populares, senão a mais popular, está a bandeira da saúde. Uma estratégia convencionada, tão eficaz e persuasiva, que norteia os votos desde a conquista da democracia. 
Confesso que meu voto, na última eleição, foi conduzido pelo meu desejo de ver as comunidades rurais melhor assistidas na área da saúde, especialmente porque a bandeira foi levantada por um profissional da área, que teve um apoio maciço deste público. Fui decepcionada, mais uma vez. Poucos foram os ganhos concretos, na verdade, mesmo em zona urbana, ao longo desta última gestão. Muito se fala, mas as ações são morosas. 
Em algumas semanas estarei deixando o Município de Ilhéus, levando lembranças incríveis da exuberância natural deste lugar e da alegria contagiante do seu povo, e da certeza de que o povo baiano é tão trabalhador como qualquer outro dentro do território nacional. No entanto, não posso sair sem registrar, aqui, minha frustração ao procurar a gestão pública para contribuir com o Programa Saúde na Escola (PSE), ao qual a prefeitura readeriu, neste último ano. 
Este programa tem por objetivo a integração permanente dos setores da educação e da saúde, visando a melhoria da qualidade de vida da população. Para isso, promove ações voltadas a uma faixa etária específica de estudantes de escolas públicas. Dentro da esfera da saúde, uma das estratégias do programa e utilizada no controle de verminoses é a administração de uma dose de albendazol nos estudantes de escolas selecionadas. E é neste ponto que eu entro. Ou melhor, que eu tentei colaborar. 

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Sociedade incivil e barbárie

Foto: Margarida Neide

Degradação social incita classes à produção do ódio
Por Muniz Sodré, Da Folha de S. Paulo - A distopia televisiva “Years and Years” (HBO), onde o mundo parece posto de cabeça para baixo, é amostra curiosa de um fenômeno ainda em busca de interpretação, que escolhemos designar como sociedade incivil. Não se trata de mera oposição entre incivilidade e civilização, e sim de uma nova forma social, que emerge de norte a sul do planeta, com especial destaque no Brasil.
Para maior clareza teórica, um bom ponto de partida é a suposição de um “comum” inerente a toda atividade humana. Transparece na expressão sociedade civil que, já em meados do século 18, se opunha à noção de indivíduo isolado. A palavra “civil” (civis, cidadão) conota a ideia do homem desvinculado de uma função estatal, mais especificamente de uma obrigação militar. Civil é o cidadão “privado” dessa constrição. O termo mantém, em suas reinterpretações históricas, a tensão da diferença entre Estado e povo.